0item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Visite nosso site

Product was successfully added to your shopping cart.

Victor Brecheret

Ano: dê 1894 à 1955

Biografia:
Victor Brecheret nasceu na Italia. Escultor, iniciou formação artística em São Paulo no ano de 1912, estudando desenho, modelagem e entalhe em madeira no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. De 1913 a 1919 realizou viagem de estudos para Roma, tornando-se discípulo do escultor Arturo Dazzi. Retornou para São Paulo e instalou ateliê no Palácio das Indústrias, cedido por Ramos de Azevedo, quando conheceu os modernistas Di Cavalcanti, Hélios Seelinger, Menotti Del Picchia e Oswald de Andrade. Em 1921, com bolsa de estudo do Pensionato Artístico do Estado de São Paulo, viajou para Paris. Entrou em contato com escultores europeu, entre eles Henry Moore, Emile Maillol e Constanti Brancusi. Apesar de ausente do país, participou da Semana da Arte Moderna de 1922, com doze esculturas. Expôs constantemente no Salon d Automne, no Salon de la Société des Artistes Français - Section de Sculpture et gravure sur Pierre e no Salon des Indépendents. Em 1926 realizou a primeira individual, em São Paulo, com esculturas da fase francesa. Em 1932 tornou-se sócio fundador da Sociedade Pró-Arte Moderna, SPAM. Iniciou, em 1936, a execução do Monumento, à s Bandeiras, cujo anteprojeto data de 1920, inaugurado em 1953 na Praça Armando Salles de Oliveira em São Paulo. Em 1941, venceu o concurso internacional para execução do monumento a Duque de Caxias. Nos anos 40 e 50 realizou esculturas para locais públicos, a fachada externa e interior do Jockey Club e os baixos-relevos do moinho Santista, entre outras obras. Nesse período, retratou as figuras e os costumes da cultura indígena brasileira em terracota, bronze e pedra com inscisàµes. Em 1951, recebeu o prêmio de escultura nacional na 1ª Bienal Internacional de São Paulo. Últimas mostras: São Paulo SP - MAC USP 40 anos; Interfaces contemporâneas, no MAC/USP (2003).

Nenhum produto coincide com esta seleção.