(11) 3085-7488
0item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Visite nosso Site

Product was successfully added to your shopping cart.

Carybé

Ano

Biografia:
Hector Julio Páride Bernabó nasceu em 1911, em Lanús, na Argentina. Ele freqüentou o ateliê de cerâmica de seu irmão mais velho, Arnaldo Bernabó, no Rio de Janeiro, por volta de 1925. Estudou na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro, de 1927 a 1929. Entre 1941 e 1942, viajou para estudar, passando por vários países da América do Sul. Em 1943, realizou sua primeira exposição individual na Galeria Nordiska, em Buenos Aires. Em Salvador, em 1944, freqüentou aulas de capoeira, visitou candomblés e realizou desenhos e pinturas. Com recomendação feita do escritor Rubem Braga ao Secretário da Educação do Estado da Bahia, Anísio Teixeira, mudou-se para Salvador, onde produziu painéis para o Centro Educacional Carneiro Ribeiro (Escola Parque). Na Bahia, participou ativamente do movimento de renovação das artes plásticas, ao lado de Mário Cravo Júnior, Genaro de Carvalho e Jenner Augusto. Em 1957, naturalizou-se brasileiro. Autor e co-autor de vários livros, publicou em 1981, após 30 anos de pesquisa, Iconografia dos Deuses Africanos no Candomblé da Bahia, pela Editora Raízes. Como ilustrador, executou trabalhos para livros de autores de grande expresSão, como Mario de Andrade, Gabriel Garcia Marquez, Jorge Amado e Pierre Verger. Entre outros eventos, expôs no Salon de Acuarelistas y Grabadores, Buenos Aires, 1943, Salão Baiano de Belas Artes, Salvador, 1950/1954, Bienal Internacional de São Paulo, várias edições entre 1951 e 1973, Bienal de Veneza, Itália, 1956, Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro, 1957 e 1962, Trabalhos de Artistas Brasileiros, na Pan American Union, Washington (Estados Unidos) e no MoMA, Nova York, em 1958, Bienal Nacional de Artes Plásticas (Bienal da Bahia), Salvador, 1966, 12 Artistas Contemporâneos Brasileiros, na Universidade de Liverpool, Inglaterra, 1970, Panorama de Arte Atual Brasileira, no MAM/SP, São Paulo, 1971, Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras, na Fundação Bienal de São Paulo, 1984, Retrospectiva 1936-1986, no Núcleo de Artes do Desenbanco, Salvador, 1986. Foi pintor, gravador, desenhista, ceramista, escultor e muralista.

Direção Ascendente

3 Produto(s)

Direção Ascendente

3 Produto(s)